Vôlei Guarulhos perde para o Taubaté e permanece sob ameaça de rebaixamento na Superliga

Da Redação
[email protected]

O Vôlei Guarulhos lutou e deu muito trabalho ao adversário, mas acabou perdendo a partida no tie-break para o EMS Taubaté Funvic por 3 sets a 2 – parciais de 25-18, 23-25, 25-18, 23-25, 15-13 – na noite desta terça-feira, em Guarulhos. O jogo foi válido pela segunda rodada do returno, que deveria ter acontecido em janeiro, mas foi adiado por casos de covid na equipe guarulhense. Com o resultado, o time se mantém na luta contra o rebaixamento.

Guarulhos chegou fazer 11 a 8 no tie-break, mas os atuais campeões da Supercopa e do Super Vôlei na temporada viraram numa boa passagem de Douglas Souza no saque. E foi numa pipe com o ponteiro campeão olímpico que o Taubaté venceu a parcial por 15 a 13 e o jogo por 3 a 2, evitando a terceira derrota na temporada – até agora, o time perdeu para os mineiros Sada Cruzeiro (3 a 1) e Fiat Minas (3 a 0).

Douglas Souza saiu do banco de reservas e ficou com o Troféu Viva Vôlei. O maior pontuador do Taubaté foi o central Maurício Souza, com 19 pontos – 5 de bloqueio. O maior pontuador do jogo foi o ponteiro Filipe Rammé, do Vedacit Guarulhos, com 21 pontos, responsável pela bela virada do time no final do quarto set. Ele teve 67% de aproveitamento no ataque.