Revezamento misto na natação 4x50m é bronze em Tóquio 2020

O Brasil conquistou na manhã desta quinta-feira (26) medalha de bronze na prova de revezamento misto no 4×50 metros livre 20 pontos na Paralimpíada de Tóquio. Os nadadores brasileiros Daniel Dias (classe S5), Talisson Glock (classe S6), Joana Neves (classe S5) e Patrícia Pereira (classe S4) obtiveram o tempo de 2min24s82. As competições de natação acontecem no Centro Aquático de Tóquio, na capital japonesa. As classes S4, S5 e S6 são compostas de atletas com deficiência física-motora.

A medalha de ouro foi para a China, que bateu a marca de 2min15s49, se tornando novo recorde mundial. Já a prata foi para o quarteto italiano, que terminou a prova no tempo de 2min21s45.

Com o resultado no revezamento, o paulista Daniel Dias chegou a 27ª medalha na história das paralimpíadas. Em Tóquio 2020, ele já levou outros dois bronzes: na prova de 100 metros livre da classe S5 (deficiência física-motora) e nos 200 metros livre na classe S5 (deficiência física-motora).

No nado peito, o brasileiro Ruan Felipe Lima de Souza  participou da prova dos 100 metros da classe SB9 (deficiência física-motora), também disputada nesta quinta-feira (26). O paratleta, que é natural de Taubaté e tem 29 anos, terminou em quinto lugar, com o tempo de 1min10s99.