Guarulhos é destaque em evento que celebra Dia Mundial da Ópera

Sala de Espetáculos do Theatro Municipal de São Paulo em imagem retirada da visita virtual pelo prédio. Foto: Reprodução

Para celebrar o Dia Mundial da Ópera, comemorado nesta segunda-feira (25), o Theatro Municipal de São Paulo recebe o Ópera em Pauta, evento que reúne gestores municipais e estaduais, maestros, músicos e profissionais da área de todo o país com o objetivo de estabelecer diálogos para o fortalecimento da indústria da Ópera no Brasil. A experiência de Guarulhos com a realização do 1º Festival de Ópera é destaque nessa realização com a participação do vice-prefeito e secretário de Cultura, Professor Jesus.

Nesta edição, acontece ainda a primeira reunião presencial e apresentação do Fórum Brasileiro de Ópera, Dança e Música de Concerto (FB-ODM). A secretária de Cultura de São Paulo, Aline Torres, e a diretora geral do Theatro Municipal de São Paulo, Andrea Caruso Saturnino, participam da abertura do evento.

Durante a mesa Diversidade e Inclusão na Ópera, mediada por André Heller-Lopes, diretor cênico e professor da Escola de Música da UFRJ, Professor Jesus insere a cidade de Guarulhos no contexto dos principais acontecimentos sobre o gênero e aponta a atuação, formação e profissionalização dos músicos das orquestras do munícipio como indicadores de ações propositivas para o enriquecimento do setor, sobretudo pela incursão de um festival de ópera em sua temporada anual.

“Estamos muito honrados com a representatividade guarulhense nesse espaço de compartilhamento de experiências sobre o setor. Ao criar um festival de ópera na cidade, Guarulhos se insere definitivamente como polo cultural de grande importância para a produção dessa linguagem e esperamos que nossa interlocução possa contribuir com o gênero no país”, enfatiza Jesus.

O encontro discute ainda as oportunidades da expansão da indústria da ópera no país, como novos teatros e festivais, novas linguagens e mídias, interiorização e circulação de espetáculos e os desafios da reabertura dos teatros para o público.

Programação completa

10h: Abertura do 2º Encontro “Ópera Em Pauta” com Aline Torres, secretária municipal de Cultura de São Paulo; Andrea Caruso Saturnino, diretora geral do Theatro Municipal de São Paulo

10h15: Desafios e perspectivas para o fortalecimento da Indústria da Ópera no Brasil.

Mediador: João Guilherme Ripper, diretor da Sala Cecília Meireles e presidente da Academia Brasileira de Música

Marcos Apolo Muniz de Araújo, secretário de estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas e vice-presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura

Fabrício Noronha, secretário estadual de Cultura do Espírito Santo e presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura

Flávia Furtado, diretora executiva do Festival Amazonas de Ópera

Tamoio Athayde Marcondes, presidente da Fundação Nacional de Artes – Funarte

Simone Zárate, secretária de Cultura e Turismo de Santo André

11h45: Encontro de trabalho entre FD-ODM e gestores públicos presentes.

Reunião fechada com a diretoria do Fórum

14h30: Diversidade e Inclusão na Ópera

Mediador: André Heller-Lopes, diretor cênico e professor da Escola de Música da UFRJ

Jesus Roque de Freitas, secretário de Cultura e vice-prefeito da cidade de Guarulhos

André Fischer, Coordenador do Centro Cultural da Diversidade da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo

Mere Oliveira, mezzo-soprano e coordenadora do Sistema de Corais de Taubaté, diretora do Ópera Studio do Vale e regente do Coral Municipal de Taubaté Stig de Lavor, fotógrafo documental

Priscila Bomfim, pianista e maestrina assistente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Ricardo Appezatto, coordenador artístico da OS Santa Marcelina/ Theatro São Pedro e Projeto Guri

16h15: Intervalo

16h45: Fórum Brasileiro da Ópera, Dança e Música de Concerto – primeira reunião presencial.

– Apresentação do Fórum, pequeno histórico, estrutura e grupos de trabalho – Abel Rocha, maestro titular da Orquestra Sinfônica de Santo André e professor da Unesp

– Aspectos da dança no setor operístico – Cristina Morales, diretora executiva do Grupo Raça e delegada do Conselho Brasileiro de Dança por São Paulo

Abel Rocha chama as pessoas que apresentarão as iniciativas e ações que nasceram no setor e a partir do Fórum durante a pandemia:

Mapeamento do setor com o CNPQ, Unesp, Unicamp e UFRJ – Abel Rocha

Salve Coxia – Renata Borges e Tiça Camargo

Lírica Solidária – Denise Yamaoka e Maria Rúbia

Festival Ubuntu – Michel de Souza

Concurso de composição e parceria com a UFRJ para final e adesão do TMSP no concurso – André Cardoso e Homero Velho

Site Base Ópera Brasil (BOB) – Homero Velho

Projeto SINOS da Funarte – André Cardoso

Ações legislativas e projetos de lei para isenção de impostos sobre partituras e marco regulatório, e projetos Palácio das Artes – Eliane Parreiras

Novas gerações e concurso de canto- Paulo Abraão Ésper – Diretor geral da CIA Ópera São Paulo

17h15: Encerramento

20h: Récita Voz Humana