Motoristas de Guarulhos não precisarão pagar pedágio para entrar ou sair da cidade, confirma Tarcísio

Foto: Ivanildo Porto

Os guarulhenses que quiserem entrar ou sair da cidade pela rodovia Presidente Dutra não precisarão pagar pedágio, mesmo com a implantação do sistema free flow, a partir da nova concessão, iniciada neste mês, pela CCR Rio-São Paulo. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, garantiu que os motoristas poderão chegar ou sair da cidade pela via lateral sem a necessidade de pagar qualquer quantia de pedágio. “O free flow, que cobrará por quilômetro rodado, será implantado apenas na via expressa. Ou seja, só pagará quem optar em utilizar esta pista”, explicou.

Desde que a nova concessão da Dutra foi anunciada, muita desinformação sobre a implantação de uma praça de pedágio em Guarulhos circulou, principalmente em redes sociais, na forma de fake News. Houve até quem garantiu que seria construído um pedágio entre Guarulhos e São Paulo.

O processo de concessão da CCR Rio-SP, que venceu a licitação, prevê investimentos de cerca de 15 bilhões em melhorias entre São Paulo e Rio de Janeiro, além de cuidar também da Rio-Santos, entre o Rio de Janeiro e Ubatuba, em São Paulo. Diferente de municípios da Grande São Paulo, como Barueri, por exemplo, onde os motoristas que vão pela rodovia Castello Branco pagam pedágio tanto na pista lateral como na expressa, sem qualquer opção de passagem livre, os guarulhenses terão a opção de não pagar ao utilizar a via lateral, exatamente a que dá acesso à região central e à maioria dos bairros que ladeiam a estrada.

Atualmente, quem sai de São Paulo pela pista expressa tem a opção de acessar a local no km 223,5 após o acesso à região central, podendo entrar em Guarulhos pela rodovia Helio Smidt, para chegar ao Aeroporto Internacional, e às saídas para Cumbica, Pimentas e Bonsucesso. Porém, em vez de utilizar a expressa, há a opção de seguir utilizando a local, que permanecerá sem pedágio até a divisa com Arujá, onde já existe uma praça física de pedágio.

“Não cogitamos instalar uma praça física em Guarulhos. Durante o processo de concepção da concessão, o prefeito Guti falou diretamente com o presidente Bolsonaro, que rechaçou essa possibilidade. Isto foi mantido. O pedágio será apenas pelo sistema free flow e para quem utilizar a expressa. Quem seguir pelas pistas laterais não pagará um centavo para entrar ou sair de Guarulhos”, reafirmou o ministro Tarcísio.

- PUBLICIDADE -