‘Eu consegui vencer esse tabu’, afirma pastor sobre a oposição da ideia de cultos on-line no começo da pandemia

Foto: HOJE TV

O convidado desta segunda-feira (14) do HOJE TV, apresentado pelo jornalista Maurício Siqueira, foi o pastor Wanderlei Sapetti da Comunidade Evangélica Voz da Verdade. Ele afirmou que, no começo da pandemia, era contra a realização de cultos on-line. “Mas, eu consegui vencer esse tabu”, alegou.

De acordo com Sapetti, quando se abre as redes sociais é possível ver pessoas falando sobre aquilo que não está nas escrituras sagradas. “Vejo coisas que não condizem, pelo contrário, que afastam as pessoas e escandalizam o evangelho de Deus. Quando eu me converti, falei que teria que ser uma coisa séria. Ninguém pode mudar a Constituição, pois a igreja é intocável, mas foi preciso se ausentar dos cultos presenciais no início da pandemia. Mas a igreja é como uma empresa, ela precisava de verbas e fundos e, graças ao bom Deus, tivemos a ideia de realizar os cultos através de live”, contou ele.

O pastor explicou também que no começo foi taxado até de louco. “Em culto de Santa Ceia, como não podíamos frequentar a casa de ninguém, veio uma outra ideia através da comunicação com as pessoas que queriam participar pessoalmente. As pessoas vinham até a igreja. Eu estava lá, com o álcool em gel na porta, e outros pastores lá dentro, à distância, entregavam o pão e o cálice. Elas tomavam e iam para casa felizes”, falou ele.

Segundo ele, a ideia foi ampliada e hoje alcança inclusive outros países. “Nós começamos com o celular, dele fomos para um tablet e desse veio a ideia de a gente criar uma cabine e hoje nós temos um estúdio muito bem formado. Atualmente, além de Guarulhos e São Paulo, nós conseguimos ampliar para alguns estados e alguns países como Portugal, Estados Unidos e Espanha. A Bíblia diz que, quando buscamos o reino, o Senhor acrescenta e eu falo para você hoje, a Comunidade Evangélica Voz da Verdade tem desempenhado um papel muito lindo”, finalizou o Sapetti.

O programa vai ao ar de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 9h, e pode ser acessado no Facebook (guarulhoshoje), YouTube (HOJE TV) ou pelo site www.guarulhoshoje.com.br.

- PUBLICIDADE -