Placas de energia fotovoltaica serão instaladas na Câmara

Foto: Hoje TV

A Câmara Municipal deverá ganhar placas de energia fotovoltaicas nos próximos meses. “Será um grande benefício para a cidade e também para a Casa de Leis, principalmente em relação a busca de dar autossuficiência para o local em termos de energia elétrica”, afirmou Devanildo Damião que é coordenador de Projetos Estratégicos da Câmara de Guarulhos, entrevistado pelo jornalista Maurício Siqueira no HOJE TV desta quinta-feira (24).

No último dia 15, foi realizada uma licitação presencial no plenário da Câmara Municipal. A concorrência, cujo tipo é menor preço global, tem como objeto a contratação de empresa para elaboração de projeto executivo e execução dos serviços de instalação de sistema de energia solar fotovoltaica, com fornecimento de material, para o prédio do Legislativo. “Com certeza o status de agora ocorreu com a licitação na semana passada. Você tem a empresa vencedora do certame onde existiu uma forte concorrência e isso foi importante pois mais de 10 empresas se prontificaram a estar concorrendo para a implementação e instalação da energia fotovoltaica na Casa de Leis”, afirmou Damião.

O valor global máximo aceitável foi definido no edital em pouco mais de R$ 2,1 milhões. A vencedora do certame foi a Rad Energy Engenharia e Projetos Ltda. com o lance final de pouco mais de R$ 1,2 milhão. A partir da assinatura do contrato, a empresa terá 120 dias para implantar todo o sistema, prorrogáveis por mais 30 dias, mediante aceite da Câmara Municipal. A vigência do contrato é de 12 meses.

O objetivo é que a Câmara se torne auto suficiente na produção de energia. “Agora, o processo está nas fases finais que são obrigados a fornecer, por lei, e ter uma expectativa grande de rapidamente fazer instalações. O projeto busca captar essa energia na que vem em forma de luz, através das placas que são fotovoltaicas. Elas são feitas de silício e acabam sendo condutoras e capazes de canalizar a energia. E com isso, ao mesmo tempo. a Câmara está se tornando uma microgeradora de energia”, ressaltou o coordenador.

Para Damião é importante destacar que esse processo teve início a partir da sugestão de um órgão da sociedade civil. A proposta de implantação de energia fotovoltaica foi apresentada pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento de Guarulhos (Codemgru) ao presidente da Câmara, Miguel Martello. “O projeto foi ofertado pelo Conselho, o presidente aceitou e demos início à licitação”, disse ele.

O programa vai ao ar de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 9h, e pode ser acessado no Facebook (guarulhoshoje), YouTube (HOJE TV) ou pelo site www.guarulhoshoje.com.br.

- PUBLICIDADE -