Câmara Temática de Meio Ambiente avalia a água oferecida pela Sabesp

Foto: Nico Rodrigues

A equipe da Câmara Temática de Pesquisas e Proposições-CTPP da área de Meio Ambiente e Serviços Públicos da Câmara de Guarulhos tem realizado, a convite da  Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo-Sabesp, uma série de visitas técnicas aos seus equipamentos de tratamento e pesquisa. A última delas foi no dia 7 de junho, na unidade de companhia localizada em Santana, na Zona Norte da Capital Paulista. O objetivo foi conhecer o trabalho, planejamento, processo e controle do tratamento da água oferecida à população. Esta ação resultou em um relatório técnico que agora a CTPP divulga em seus canais de comunicação. 

O objetivo desta visita foi analisar os processos de garantia de qualidade da empresa, com foco principalmente na qualidade da água oferecida à população, desde a origem, quando a água bruta é captada, até os pontos de consumo.  

De acordo com o relatório da CTPP, “os processos são controlados com a definição pela legislação e normas referentes a quantidades mínima e a frequência em que as amostras de água devem ser coletadas e os limites permitidos; para assegurar a confiabilidade do seu produto, a empresa executa um forte trabalho na execução de coletas nos laboratórios”. 

O relatório da CTPP, chefiada por Devanildo Damião da Silva, coordenador do Grupo Estratégico de Apoio a Proposição e Implantação-Giapi da Câmara, tem uma boa notícia à população. Após avaliar os métodos, processos e garantia da qualidade, é possível afirmar que a água oferecida pela Sabesp pode ser consumida sem receio. Segundo o documento, “esta garantia limita-se ao monitoramento realizado pela Sabesp, o qual apresenta-se como de padrão de excelência mundial. Além disso, os seus laboratórios possuem a mais alta qualidade tecnológica e inovação do Brasil”. 

Confira aqui o relatório completo, 

- PUBLICIDADE -