Escolhido pela diretoria para comandar o Santos até o fim da temporada, Elano segue com 100% de aproveitamento no comando da equipe santista.
Em sua terceira partida como técnico, o ex-jogador mostrou ainda que tem estrela, já que Arthur Gomes, novidade do time para o jogo deste sábado (4), na Vila, foi o responsável por abrir o placar na vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-MG, pela 32ª rodada do Brasileiro.
Fred fez o gol de empate do Galo, enquanto David Braz e Ricardo Oliveira definiram o triunfo dos donos da casa, que fizeram uma ótima apresentação aos seus torcedores.
A vitória coloca o Santos novamente na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Chega aos 56 pontos e joga a pressão para Corinthians (59) e Palmeiras (54), que se enfrentam neste domingo (4).
O Atlético-MG estaciona nos 42 pontos e vê mais distante a possibilidade de alcançar uma vaga para a Libertadores 2018.
A torcida do Santos não poupou Robinho, que foi vaiado toda vez que pegou na bola durante o jogo. O momento de maior entusiasmo dos alvinegros foi uma linda caneta dada por Alison em cima do ex-jogador santista.
A principal novidade do ‘novo Santos’, agora comandado por Elano, foi a entrada do jovem Arthur Gomes, que até este sábado tinha feito apenas cinco partidas no Campeonato Brasileiro e não entrava em campo há mais de três meses.
E o atacante deu conta do recado: de cabeça, fez o seu primeiro gol na competição, aos 45min da etapa inicial. “É o melhor sentimento que o ser humano pode ter. É um sonho. Eu tinha certeza que eu ia fazer o gol”, disse na saída para o intervalo.
Com o gol marcado logo no começo do segundo tempo, de cabeça, Fred chegou aos 135 no Campeonato Brasileiro e igualou Zico. Agora, ele só está atrás de Roberto Dinamite (190), Romário (154) e Edmundo (153).
David Braz fez seu sexto gol no ano e aproveitou a oportunidade para colocar a bola na barriga na comemoração: uma homenagem à filha, que vai nascer.
A 33ª rodada do Campeonato Brasileiro acontece já no meio desta semana. O Santos entra em campo na quarta-feira (8), quando volta a jogar na Vila Belmiro, desta vez diante do Vasco, às 21h45. O Atlético-MG joga um dia depois, quinta-feira, às 20h, contra o Atlético-GO, no estádio Independência.

SANTOS
Vanderlei, Victor Ferraz, Lucar Veríssimo, David Braz, Caju, Renato (Yuri), Alison, Lucas Lima, Arthur Gomes (Daniel Guedes), Ricardo Oliveira, Bruno Henrique (Rodrygo)
T.: Elano

ATLÉTICO-MG
Victor, Marco Rocha, Leonardo Rocha, Gabrie, Fábio Santos, Adilson, Elias, Otero (Luan), Cazares (Valdívia), Robinho, Fred (Rafael Moura)
T.: Oswaldo de Oliveira

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO/FIFA)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (GO/FIFA) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Público/Renda: 11.418/R$ 337.480,00
Cartões amarelos: Daniel Guedes (Santos); Otero, Fábio Santos, Elias (Atlético-MG)
Gols: Arthur Gomes (Santos), aos 45 minutos do primeiro tempo; Fred
(Atlético-MG), aos 5 minutos do segundo tempo, David Braz (Santos), aos 15 minutos do segundo tempo; e Ricardo Oliveira (Santos), aos 34 minutos do segundo tempo.

(Folhapress)
Foto: Flávio Hopp/Raw Image/Folhapress

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here