Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

O Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos teve três voos cancelados e outros 12 atrasados na segunda-feira (25), de acordo com a concessionária responsável pela administração do aeroporto, o GRU Airport. Segundo a empresa, no inicio da tarde de terça-feira (26), o número de atraso já estava dentro dos padrões.

O movimento diário de aeronaves entre pousos e decolagens chega a 800, porém, com a forte chuva de segunda-feira (25), houve segundo a concessionária, 731 movimentos de aeronaves (pousos e decolagens). “Às 19h32 desta segunda-feira foram suspensas as decolagens, por conta da degradação meteorológica. As decolagens foram retomadas às 20h02, ou seja, 30 minutos depois”, destacou a empresa.

No período da suspensão, de acordo com a concessionária, havia rajadas de vento variando entre 28 km/h e 59 km/h. As condições do tempo também afetaram os voos das companhias aéreas brasileiras, como a Latam Airlines Brasil, que teve 17 voos impactados, sendo sete cancelados e dez alternados para outros aeroportos.

“A companhia esclarece que os passageiros estão recebendo a assistência necessária. Por fim, reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”, afirmou em nota a Latam. O HOJE questionou a companhia aérea Gol, sobre a questão de atrasos e cancelamentos de voos, porém, não houve resposta até o fechamento desta edição.

Já a Avianca, afirmou que um total de 12 voos sofreram com atrasos no aeroporto. “Da Avianca, foram seis voos cancelados e 12 voos sofreram atrasos por conta das chuvas e consequente fechamento do aeroporto de Guarulhos na noite de segunda”.

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here