Estudo do IPT sobre continuidade das obras do Rodoanel Norte deve ser entregue até o final do mês

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

O estudo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) sobre o trecho do Rodoanel Norte, que corresponde à cidade de Guarulhos, deve ser entregue ao governo do estado até o final do mês, segundo informação da Secretaria Estadual de Logística e Transportes do estado de São Paulo (SLT).

“Para efetivamente assegurar o bom uso dos recursos públicos, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas  foi contratado em junho para a realização de um estudo sobre as obras a executar, bem como verificar a atual situação dos trechos referentes aos seis lotes que compõem o Rodoanel Norte. O estudo do IPT está em fase final e deve ser entregue até janeiro de 2020”, informou a secretaria.

Ainda de acordo com a SLT, as obras estão paradas no trecho desde dezembro de 2018, e após estudos, foi verificado que a continuidade desses três lotes que compõem o trecho Norte seria inviável. Este trecho que completa o Rodoanel Mário Covas, terá 44 km de extensão, e de acordo com o site da secretaria, estima-se que 65 mil veículos devem circular diariamente pela rodovia, sendo 30 mil deles, caminhões, sendo 60% retirados de circulação da Marginal Tietê.

O trecho Norte, que passará por São Paulo, Arujá e Guarulhos, ligará o trecho Oeste, além de uma interligação de 3,6 km para o Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos. Apesar de informar que o estudo será entregue neste mês, a secretaria não revelou se as obras podem voltar no meio deste ano.

Com as obras abandonadas, parte do trecho chegou a virar ponto irregular de descarte de entulho. O primeiro trecho entregue foi o Oeste, com 32 km de extensão e inaugurado em 2002,seguido pelo Sul, com 61,4 km, concluído no ano de 2010. O último finalizado foi trecho Leste, com 43,5 km, no ano de 2016.

Foto: Ivanildo Porto