4ª Divisão: Com possíveis desistências, Flamengo garante participação na última divisão do futebol paulista

Apesar da indefinição, Caio Soler se mantém confiante na realização da 4ª Divisão do futebol paulista - Crédito: Divulgação

Antônio Boaventura
[email protected]

Diante das incertezas provocadas pela propagação do Covid-19, algumas equipes estão desistindo de participar do Campeonato Paulista da 4ª Divisão. Apesar da indefinição, o Flamengo confirmou sua participação na edição deste ano. Caio Soler, presidente do Rubro-Negro guarulhense, acredita que a competição possa ser disputada a partir de agosto com uma fórmula diferente daquela dos últimos anos.

Entretanto, desde que foi rebaixado da Série A3 do Campeonato Paulista, o Corvo esteve sempre na disputa pelo retorno ao terceiro nível do futebol estadual. Na temporada anterior, o clube guarulhense acabou eliminado na fase semifinal pelo Paulista de Jundiaí (SP), que viria a ser o campeão. Em 2018, o Rubro-Negro de Guarulhos (SP) foi superado no quadrangular semifinal pelo tradicional Comercial, de Ribeirão Preto (SP).

“Vamos disputar o campeonato, se ele acontecer. Mas, na minha opinião vai acontecer no segundo semestre, em agosto, um campeonato mais curto onde estamos vendo uma fórmula de disputa com os presidentes”, explicou Caio Soler, que substitui Edson David Filho na presidência do Flamengo.

Na disputa deste ano, não haverá rebaixamento. No conselho arbitral antes da paralisação foi definido que as equipes que não se classificassem para a fase de mata-mata do Campeonato Paulista da 4ª Divisão cairiam para a 5ª Divisão em 2021. Essa condição foi descartada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) por conta da crise causada pela proliferação do Covid-19.

A fórmula de disputa será diferente da votada e já divulgada pela FPF. Uma nova fórmula será votada pelos clubes com um campeonato mais curto e com menos clubes, até por que alguns já manifestam o desejo desistir da disputa. Diante deste cenário, um novo conselho técnico com a FPF será realizado para definir a forma de disputa desse ano. A direção do Flamengo aguarda uma definição para marcar a reapresentação dos atletas.

“Em relação a volta aos treinos ainda não temos uma situação certa, temos nosso médico do clube, estamos em contato direto com ele e assim que soubermos uma data certa tomaremos todas as medidas de precaução necessárias para retornarmos ao trabalho”, encerrou.