Cidade: Ainda sem prazo, Guti confirma disponibilidade de testes rápidos para Covid-19 no Aeroporto

O Aeroporto Internacional de Guarulhos será local para realização de testes rápidos para Covid-19 - Crédito: Ivanildo Porto

Antônio Boaventura
[email protected]

O combate e prevenção contra os danos que pode causar o Covid-19 ainda continuam na cidade de Guarulhos (SP). Nesta terça-feira (01), o prefeito Guti (PSD), em pronunciamento através de uma plataforma de comunicação da rede social, revelou que a Prefeitura planeja disponibilizar cerca de 10 mil testes rápidos para testagem no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica. No entanto, a inciativa ainda não tem data para acontecer.

“Fechou um protocolo para o uso de 10 mil testes rápidos no Aeroporto [Internacional de Guarulhos]. Teremos 10 mil testes nesta primeira safra e são mais 10 mil em PCR, que serão custeados pelo Ministério da Saúde”, disse o prefeito Guti.

Após a coleta, este material segue para um laboratório, que não foi revelado, sob indicação do Ministério da Saúde. De acordo com o Chefe do Poder Executivo guarulhense, esta operação não terá custo nenhum para o município. Ele agradeceu o apoio do respectivo ministério, de parlamentares envolvidos neste processo e também ao presidente Jair Bolsonaro, sem partido.

“Essa batalha não se vence só. Se vence com um time e em conjunto. Não tenho dúvida de que vamos vencer essa pandemia. Não vencemos a pandemia, mas houve uma queda nos óbitos entre julho e agosto de 53%”, encerrou.

Já o Centro de Combate ao Coronavírus, localizado no bairro Parque Cecap, deve encerrar suas atividades nos próximos dias por conta do encerramento do contrato de operação formalizado pela Prefeitura para gestão daquele equipamento. Segundo José Mário, secretário de Saúde, o hospital de campanha abriga apenas 1 paciente. A estrutura foi inaugurada em meados do mês de março e custou aos cofres públicos mais de R$ 30 milhões.