Curso de português para imigrantes e refugiados forma 24 alunos

Nesta sexta-feira (30) 24 alunos receberam, em cerimônia virtual, seus certificados pela conclusão do curso de português para imigrantes e refugiados. A formação, promovida pelo Senac-SP e pelo Sesc-Guarulhos, em parceria com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos (SDH), foi o primeiro curso sobre o tema a ser desenvolvido em formato online, em resposta aos desafios impostos pela covid-19.

Com início em março deste ano, as aulas abordaram, além dos conteúdos pedagógicos, informações sobre os serviços e equipamentos públicos na cidade. A certificação auxiliará ainda no processo de regularização migratória, já que é reconhecido como documento hábil pelos órgãos responsáveis.

Segundo o subsecretário de Igualdade Racial de Guarulhos, Anderson Guimarães, cabe à pasta promover os diálogos e as articulações com os diversos atores locais com o intuito de ampliar e fortalecer as políticas destinadas à população migrante. “Nesse sentido, o curso de português é essencial para o acolhimento e integração dos imigrantes, uma vez que a barreira linguística e cultural é um grande dificultador na inclusão social e laboral. Nosso intuito é ampliar a parceria a fim de ofertar o curso para outras comunidades em regiões periféricas com alta concentração de imigrantes e refugiados em vulnerabilidade social, identificadas a partir do levantamento e cruzamento dos dados do município”, disse.