Zona Azul ainda não tem data para ser retomada em Guarulhos

Em razão das repercussões nas redes sociais alimentadas por notícias falsas, a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana de Guarulhos (STMU) reforça a informação de que a Zona Azul em Guarulhos não está em funcionamento e que ainda não tem uma data definida para iniciar suas operações em razão da pandemia. Segundo o órgão, quando isso ocorrer será amplamente divulgado.

De acordo com a Prefeitura, a STMU tem seguido as orientações do Plano São Paulo no combate à disseminação da covid-19 e conversado com a empresa Estacionamento Digital, que é responsável pelo serviço. A determinação para o início das operações só deve acontecer quando houver segurança de que tal medida não colocará em risco a saúde dos funcionários e dos usuários do sistema.

No momento em que se definir o início dos serviços da Zona Azul, nos primeiros sete dias os monitores irão apenas fazer uma orientação aos usuários sobre a forma de utilização dos espaços e como proceder para adquirir os períodos das vagas de estacionamentos. Somente depois dessa semana é que a cobrança começará de forma efetiva.

O sistema – O serviço será totalmente digitalizado e vai oferecer 2.994 vagas rotativas. Por meio de um aplicativo para smartphones, os motoristas poderão reservar uma vaga por até duas horas, tempo que poderá ser estendido por até 30 minutos.

O novo sistema de Zona Azul contará com monitores, que irão trabalhar nas ruas para atender o público oferecendo a vaga virtual, que pode ser paga com cartão de débito, crédito ou em dinheiro. O valor do serviço irá custar R$ 1,75 por meia hora, R$ 3,50 pelo período de uma hora e R$ 7 para o uso da vaga por duas horas.