Prefeitura prorroga até 1º junho adesão à primeira fase do PDV

Foto: Márcio Lino/PMG

A Prefeitura de Guarulhos prorrogou até 1º de junho a adesão à primeira fase do Plano de Desligamento Voluntário (PDV), que beneficiará até 1.967 funcionários já aposentados e que continuam em exercício nos mais variados setores da administração. O decreto 39.075/2022 pode ser acessado em https://www.guarulhos.sp.gov.br/uploads/pdf/408766112.pdf.

A adesão ao PDV implica uma série de benefícios aos servidores, como o recebimento imediato de um valor que demorariam anos para obter por meio dos salários. O funcionário que aceitar o PDV receberá um salário por ano de efetivo exercício, que em alguns casos pode chegar a 40 anos, além de todos os direitos previstos na rescisão trabalhista.

Os servidores que aderirem ao PDV não poderão voltar atrás e deverão permanecer em exercício até ser publicada a exoneração no Diário Oficial. As exonerações começarão em junho e se estenderão até fevereiro de 2023, divulgadas mensalmente.

Caso todos os 1.967 servidores que podem ser beneficiados neste primeiro momento adiram ao PDV, a Prefeitura de Guarulhos prevê que eles recebam, no total, R$ 261,8 milhões, entre incentivo financeiro por ano trabalhado (R$ 242,1 milhões) e rescisão (R$ 19,7 milhões).

- PUBLICIDADE -