A prefeitura entregou nesta quarta-feira (13) a penúltima etapa do Trevo de Bonsucesso, totalizando 95% da obra. Com a presença do prefeito Guti, o ramo 1.100 foi liberado em seus 260 metros que compreendem a ligação entre as avenidas Juscelino Kubitschek e Água Chata, como acesso direto à Rodovia Presidente Dutra, no sentido Rio de Janeiro, para os veículos provenientes do bairro do Pimentas.

“Estamos aqui para cumprir o que prometemos. Essa é uma conquista de toda cidade e por este motivo precisa ser compartilhada. Temos satisfação em entregar 95% do Trevo de Bonsucesso, beneficiando 600 mil pessoas que moram na região do Pimentas e também as das demais regiões , mas que transitam por aqui “, disse o prefeito Guti.

Bastante enfático Guti explicou que durante 15 anos muito se prometeu, mas nada se fez. “Agora, apenas com dois anos de governo, estamos orgulhosos por poder cumprir esse compromisso com a população. Nossa prioridade é terminar as obras iniciadas por outras gestões para não desperdiçar dinheiro público. Este trevo, em particular, é de grande impacto para o Brasil, pois a rodovia Presidente Dutra faz a ligação das duas maiores capitais do País, São Paulo e Rio de Janeiro”, finalizou o prefeito.

O secretário de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU), Paulo Carvalho, enfatizou que acima de tudo estão os moradores da região do Pimentas. “Eles sonharam muito com esta obra que nunca acabava. Por esse motivo, parabenizo a todos que trabalharam aqui e especialmente ao prefeito Guti”, afirmou.
Com a conclusão desse trecho que forma o miolo do trevo, 57 mil passageiros serão beneficiados diretamente, pois 17 linhas de ônibus poderão transitar direto pelo local, sem precisar fazer desvios.

Pendência Judicial

A conclusão da obra do Trevo de Bonsucesso depende agora da finalização do trecho de aproximadamente 100 metros de extensão do viaduto central, que, por sua vez, aguarda a resolução de questão judicial envolvendo imóvel localizado na área. A prefeitura já realizou o depósito do valor da indenização e aguarda decisão da Justiça, que realiza avaliação final a pedido do proprietário.

Após a conclusão dessa fase da obra, a ligação com a Via Dutra, por meio de acesso da marginal sul à pista lateral, na altura do Posto Sakamoto, deverá ser feito pela concessionária NovaDutra, que administra a rodovia.  A administração municipal negocia com o Governo Federal, desde o início do ano, a liberação do trecho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here