Contra o Paulista, volante João Paulo deve se tornar o atleta com maior número de jogos como capitão do Flamengo

Antônio Boaventura

[email protected]

Além da importância da partida, o confronto do Flamengo diante do Paulista da cidade de Jundiaí, programado para acontecer neste domingo (13), ás 10h, no estádio Antônio Soares de Oliveira, terá um gosto especial para o volante João Paulo. Ao pisar no gramado, ele se tornará o atleta com o maior número de partidas como capitão da história flamenguista.

“É uma honra fazer parte da história do clube, joguei aqui no Sub-20 na época da parceria com o Corinthians e ano passado quando recebi o convite do professor Marcelo Marelli pra voltar e disputar um campeonato profissional pelo clube não pensei duas vezes, esse ano novamente”, declarou o volante João Paulo.

Natural de São Paulo, o jogador de 23 anos soma passagens por Portuguesa (2010), Diadema (2011), Corinthians, Flamengo (2012 a 2015) e Audax (2016). Um dos mais experientes do atual elenco e remanescente do ano passado, João Paulo jogou 24 dos 26 jogos da equipe no ano, esse ano já foram 26 partidas disputadas e 26 partidas como capitão.

“Quando o presidente [Edson David Filho] me chamou perguntando se eu gostaria de continuar não pensei duas vezes e aceitei. Ser um dos líderes desse grupo é muito bom, todos nós se entendemos bem, sabemos a hora de cobrar um ao outro e também de apoiar”, disse o jogador Rubro-Negro.

No último final de semana, o Flamengo recebeu o Francana e empatou em 3 a 3 com o adversário, em partida válida pelo segundo jogo das quartas de finais do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O resultado garantiu a equipe guarulhense nas semifinais da competição, contra o Paulista de Jundiaí. O técnico João Batista projeta as ‘partidas da temporada’, contra o adversário das semifinais.

“Ainda estamos nos recuperando da partida emocionante contra o Francana, mas é claro que os jogos nos dão uma perspectiva muito boa de futuro. É evidente que temos que continuar com os pés no chão, trabalhando. Nessas duas partidas decisivas contra o Paulista, nós vamos jogar a temporada inteira, em preparação que fazemos desde fevereiro”, concluiu o comandante do Rubro-Negro guarulhense.