Cidade: Estudo coloca Guarulhos como cidade com maior número de áreas de risco no estado

Da Redação
[email protected]

Estudo do Instituto Geológico do Governo do Estado de São Paulo, realizado em 38 cidades da Grande São Paulo, excluindo a capital paulista, aponta que cerca de 30% das moradias da região metropolitana estão em áreas de risco. Guarulhos lidera esta estatística com 640 áreas de risco.

Depois do município guarulhense, vem Itaquaquecetuba, São Bernardo do Campo, Suzano, Santo André, Mogi das Cruzes, Franco da Rocha, Osasco, Ribeirão Pires e Itapevi. O mapeamento do Instituto Geológico mostra mais de 6 mil setores de risco.

O mapeamento é um dos instrumentos que podem ajudar a população no momento mais crítico, além de nortear as políticas públicas no planejamento de ações e obras que objetivam prevenir as tragédias. Dados do levantamento mostram ainda que nos últimos 25 anos, 1.104 pessoas morreram em áreas de risco na Grande São Paulo. Nesse período, aconteceram quase 28 mil desastres nessas áreas.