Corpo de um morador de Guarulhos, que se afogou ao tentar salvar a esposa, é localizado no litoral de SP

Incidente ocorreu quando o catamarã atracou em um banco de areia, nas águas de Cananeia, SP — Foto: Arquivo pessoal/Júlio Cesar Ferreira

A viagem da família terminou em tragédia na Praia da Ilha Comprida, no litoral de São Paulo. Um homem de 33 anos de Guarulhos morreu após tentar salvar sua esposa sendo arrastado pela correnteza.

O corpo de Jonathan da Cruz Salgado foi encontrado por banhistas no passado domingo, 27 de dezembro, na Praia da Trincheira. Lá, a família fez um reconhecimento. O caso foi registrado na Delegacia de Cananéia.

Jonathan estava em um passeio de catamarã com sua esposa e família quando pararam em uma ilha de Cananéia para um mergulho. O casal entrou no mar sem colete e se afastou do grupo, mergulhando na correnteza. O pessoal do barco disse que tudo aconteceu rápido. A mulher começou a se afogar e foi empurrada pelo marido que se afogou. A mulher foi resgatada da água pelo grupo, mas o marido se afogou.

As informações são do G1.