Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Do mês de janeiro até esta quinta-feira (14), foram confirmados 19 casos de dengue em Guarulhos, de acordo com dados da Secretaria de Saúde. Foram confirmados quatro casos no Centro, quatro na região Cantareira, dez nos bairros entre Jardim São João e Bonsucesso e um entre a região Pimentas/Cumbica.

Apesar dos 19 casos, neste ano ainda não foi registrado nenhum óbito até o momento, segundo a prefeitura. “Todas as cidades correm o risco de entrar em estado de alerta, caso as medidas preventivas, como eliminação de todo objeto que posa acumular água limpa e parada, não sejam tomadas”, destacou a Secretaria de Saúde.

Somente no ano passado, foram registrados 90 casos de dengue no município, com um óbito. Para tentar diminuir essas ocorrências, a secretaria realiza visitas a imóveis, bloqueio de criadouros do mosquito, além de Avaliação de Densidade Larvária (ADL), visitas a ponto estratégicos e imóveis especiais e obras.

“Nas atividades de vigilância e controle, quando encontrado algum recipiente potencial ou com coleções líquidas, o criadouro é imediatamente eliminado e, na impossibilidade, são adicionados produtos alternativos ou larvicidas. No entanto, a quantidade de criadouros eliminados não é contabilizada”, afirmou em nota a Secretaria de Saúde.

Somente no estado de São Paulo, já há municípios que estão em estado de alerta por conta da doença, como a cidade de Bauru e Agudos. De acordo com a secretaria, Guarulhos registrou aumento de 5,55% dos casos confirmados de dengue entre a primeira e a sétima semana epidemiológica deste ano em comparação com o mesmo período de 2018.

Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here