Metrô envia pedido de Licença Ambiental para Linha 19-Celeste

Foto: Governo do Estado de São Paulo

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) publicou nesta quinta-feira (10) no Diário Oficial do Estado, o recebimento do pedido, feito mediante apresentação do Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima), de Licença Ambiental Prévia da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), para a Linha 19- Celeste, no trecho Bosque Maia/Anhangabaú.

A partir da publicação, a Cetesb declarou aberto o prazo de 45 dias para a apresentação, por escrito, de qualquer interessado.  A manifestação deve ser protocolada ou enviada por carta registrada ao Setor de Protocolo Central (AADP).

O recebimento do documento, que analisa a localização e determina as exigências para as próximas etapas, é a iniciativa para o licenciamento do projeto.

A Linha 19- Celeste, que ligará Guarulhos ao centro de São Paulo,  contará com 15 estações no trecho inicial, que liga o Anhangabaú ao Bosque Maia. Durante os 17,6 quilômetros de extensão, a linha passará pelas regiões da Vila Maria, Jardim Brasil e Pari, ligando as linhas 1-azul, na São Bento e a linha 4-vermelha, no Anhangabaú.

- PUBLICIDADE -